“Eu só quero morrer”, diz indonésio de 145 anos


No registro do Guinness World Recordsm, Israel Kristal, nascido em 1903, na Polônia, é o homem mais velho do mundo ainda vivo, entretanto, documentos apontam que Sodimejo, da Indonésia, nasceu em 1870, e portanto, teria 145 anos. Ele, que há três meses não pode se movimentar mais, preparou seu túmulo em 1992 e declara: “Eu só quero morrer”.

oldest-man

Sodimejo, de acordo com seu documento nacional de identidade, nasceu no dia 31 de dezembro de 1870 em Sragen, que fica na província de Java. Mbath Gotho, como é conhecido, não se alimenta ou toma banho sozinho, e sua visão também está comprometida. Seu passatempo principal é o rádio.

photo_193464

Quando o indonésio nasceu, as índias Orientais Holandesas ainda existiam. Ele viu a Segunda Guerra Mundial e outros diversos momentos importantes de seu país, como a independência em 1945, a era Sukarno, o regime de Suharto e o novo regime democrático.

Confira o vídeo:



Deixe seu comentário!




x